Diretora de arte com formação em Arquitetura pela UFPE em 2004.

Premiada no Festival de Brasília de 2013 com o longa-metragem Amor, Plástico e Barulho, de Renata Pinheiro e com o curta-metragem Superbarroco em 2008, nos festivais como no Cine Ceará, Mostra de Londrina e Mostra de Cinema de Marília. Em 2015, recebeu prêmio de melhor direção de arte no FestCine pelo curta Soledad.

Iniciou no mercado cinematográfico no filme Amarelo Manga, de Cláudio Assis em 2001. Atuou em mais de 20 longa-metragens como cenógrafa, entre eles Zama, da diretora argentina Lucrecia Martel e e Bacurau de Kleber Mendonça e Juliano Dorneles.

​Seus últimos projetos são:  A voz do silêncio, de André Ristum, Tungstênio, do diretor Heitor Dhalia e O Diretor, também do diretor Heitor Dhalia.

danivilela.arte@gmail.com

011-98666-3258